Maia afronta Bolsonaro e vai à Europa tentar desfazer imagem negativa do Brasil

Rodrigo Maia embarca nesta quarta-feira para a Europa onde tentará uma missão difícil: desfazer a imagem negativa do Brasil, cujo governo é alvo de várias ações na Organização das Nações Unidas por violações aos direitos humanos, devastação da floresta amazônia e até crime de genocídio contra populações indígenas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), viaja nesta quarta-feira (11) para a Europa, onde terá uma série de compromissos com  representantes de organismos internacionais. 

Segundo O Globo, a intenção de Maia é estreitar laços com líderes mundiais ignorados ou atacados por Jair Bolsonaro.

Em Genebra, na Suíça, Maia se encontrará com representantes da Organização Mundial do Comércio (OMC) e a ex-presidente do Chile Michelle Bachelet, hoje comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para direitos humanos.

Maia acredita que poderá desfazer a má imagem do Brasil no exterior - a pior desde a redemocratização. Desde a campanha eleitoral, Bolsonaro ataca a atuação de organismos internacionais. 

Aliados do presidente da Câmara consideram que a posição "ideológica" de Bolsonaro prejudica o país. Por isso, avaliam que o esforço de Maia é uma tentativa de "limpar a barra" do Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247