Maia diz que assessores de Bolsonaro que atacam o Congresso se comportam como marginais

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirma que governo prefere criar conflitos a salvar vidas na crise do coronavírus

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, voltou a reagir aos ataques de assessores de Jair Bolsonaro nas redes sociais. 

Para Maia, os ataques nas redes sociais contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF) são comandados por funcionários de Jair Bolsonaro que se comportam como marginais. 

Em entrevista ao programa “Canal Livre”, da Band, veiculada na madrugada desta segunda-feira 6), Maia acrescentou que o governo deveria agir para “salvar vidas e empregos” em vez de “criar conflitos e insegurança”, informa O Globo

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email