Maia: fracasso de ajuda humanitária era previsível

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que era previsível o fracasso da entrega da ajuda humanitária à população venezuelana; "Era previsível. Todos sabem que o Nicolás Maduro, apesar de toda grave crise na Venezuela, ainda tem o controle do território, ele não iria permitir a entrada de uma ajuda articulada pelos Estados Unidos", disse

Maia: fracasso de ajuda humanitária era previsível
Maia: fracasso de ajuda humanitária era previsível (Foto: LUIS MACEDO - CÂMARA)

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que era previsível o fracasso da entrega da ajuda humanitária à população venezuelana.

"Era previsível. Todos sabem que o Nicolás Maduro, apesar de toda grave crise na Venezuela, ainda tem o controle do território, ele não iria permitir a entrada de uma ajuda articulada pelos Estados Unidos", disse o parlamentar ao Blog do Valdo Cruz.

Segundo o congressista, o Brasil não pode correr o risco de dar um "pretexto" para justificar uma operação mais extrema contra a Venezuela, como uma intervenção militar. "Temos de tomar todo cuidado, não podemos dar qualquer pretexto para justificar algo pior, não tínhamos que intervir nisso", disse.

Caminhões enviados pelo governo brasileiro com a chamada ajuda humanitária não conseguiram cruzar a fronteira com a Venezuela no sábado (23). No lado colombiano também ao menos dois caminhões foram incendiados.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247