Maioria dos alunos da USP apoia PM no campus

Segundo pesquisa Datafolha, 58% dos estudantes da Universidade de So Paulo so a favor da presena da polcia na instituio; levantamento tambm indica que um em cada dez alunos j foi vitima de crime na universidade e que 73% foram contra invaso da reitoria; 53% defendem punioa invasores

Maioria dos alunos da USP apoia PM no campus
Maioria dos alunos da USP apoia PM no campus (Foto: RAHEL PATRASSO/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A presença da Polícia Militar no campus da Universidade de São Paulo (USP) é motivo de polêmica desde que três alunos da universidade foram abordados por policiais por portar maconha, há duas semanas. Depois de desocupar o prédio da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), 70 alunos decidiram continuar os protestos contra a presença da PM no campus e, como se representassem a vontade de toda a universidade, invadiram e ocuparam a reitoria da instituição até serem retirados de lá pela tropa de choque da polícia. Mas pesquisa Datafolha publicada neste domingo indica que os estudantes encapuzados estavam longe de representar todos os colegas da USP.

De acordo com o levantamento, 58% dos alunos da universidade apoiam a presença da polícia no campus. Mais: um em cada dez já foi vítima de crime dentro do campus. O percentual de apoio varia de acordo com a área do conhecimento. Entre os alunos das exatas, 77% se dizem favoráveis à presença da polícia, assim como 76% dos alunos das ciências biológicas. Já na área de humanas, 40% se posicionam a favor da polícia e 54% contra.

Na FFLCH, onde começaram os protestos, 70% dos alunos são contra a presença da policia. Por outro lado, 86% dos alunos da Escola Politécnica e 75% dos estudantes de Medicina são favoráveis à PM. O estudo mostra ainda que 57% do total de alunos tem mais confiança do que medo da polícia, mas a mesma proporção (57%) disse que a presença da polícia no campus não alterou a sensação de segurança.

Outro dado interessante da pesquisa é a indicação de que apenas 28% dos alunos admite já ter fumado maconha. Além disso, 73% dos alunos da universidade declarou ser contra a invasão da reitoria e 53% dos estudantes defende que aqueles que fizeram parte da ação devem ser punidos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email