Malafaia coloca fiéis em risco e desafia quem quiser fechar sua igreja

“Coronavírus! Querem fechar as igrejas que sou pastor? Recorram à justiça”, afirmou o empresário Silas Malafaia. Assista ao vídeo

Silas Malafaia
Silas Malafaia (Foto: Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em vídeo nas redes sociais, o empresário Silas Malafaia desafiou as recomendações do Ministério da Saúde de evitar aglomerações e afirmou que não cancelará cultos, nem fechará igrejas por causa do coronavírus, enquanto o ministério da Saúde recomenda que as pessoas evitem aglomerações. As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h50 desta quarta-feira (18), ao menos 351 casos confirmados de novo coronavírus no Brasil em 18 estados e no Distrito Federal. País tem duas mortes. 

“Coronavírus! Querem fechar as igrejas que sou pastor? Recorram à justiça”, publicou ele no Twitter, criticando diretamente os governadores de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), e Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e prefeitos que querem restringir aglomerações de pessoas.

Malafaia disse que as igrejas não devem ser fechadas por serem de “fundamental importância nessa hora”. “Vamos deixar de hipocrisia e de conversa porque eu não vou diminuir culto e fechar a porta da igreja porque eu entendo a importância da fé para a estrutura emocional para combater essa enfermidade”, afirmou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email