Malafaia expõe deputados evangélicos que votaram a favor da prisão de Daniel Silveira: ‘barbárie’ (vídeo)

“Guarde bem o nome deles, para não receberem o voto”, diz o pastor da Assembleia de Deus, para quem a prisão do deputado que incitou violência e pregou o fechamento do STF é uma “ilegalidade monstruosa”

Pastor Silas Malafaia
Pastor Silas Malafaia (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus, publicou um vídeo na noite deste sábado (20) em que expõe os nomes dos deputados evangélicos que votaram a favor da prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF, por incitar a violência e atentar contra a democracia.

Em votação nesta sexta-feira (19), a Câmara dos Deputados manteve a prisão de Silveira com 364 votos a favor.

No vídeo, Malafaia esbraveja contra os parlamentares evangélicos que votaram “a favor dessa barbárie, dessa ilegalidade monstruosa, contra a Constituição”. E expõe seus nomes numa tela: “Guarde bem o nome deles, para não receberem o voto”.

Antes da votação, Malafaia já havia ameaçado os deputados da bancada evangélica em uma postagem no Twitter: “Deputado evangélico que votar em favor dessa aberração jurídica de manter um deputado preso por suas falas, vou denunciar aos evangélicos, para nunca mais ser votado por nós. O que está em jogo é o Estado Democrático de Direito. Absurdo”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email