Manaus não irá liberar escolas municipais para o Enem

A primeira prova está marcada para este domingo (17). Medida visa evitar aglomerações e a propagação da Covid-19

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Prefeitura de Manaus decidiu não liberar as escolas municipais para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

A medida visa evitar aglomerações e a propagação da Covid-19, que devasta o Amazonas.

A primeira parte da prova está marcada para este domingo (17), e a segunda para o próximo dia 24. 

A Prefeitura ainda recomenda o adiamento da prova: “É uma temeridade, sobretudo nesse momento. Hoje é dia 13. A prova será daqui a quatro dias e sabemos que a situação de Manaus em relação à pandemia não vai acalmar até lá. Abrir as escolas para o Enem representa aglomeração na frente e no interior delas. Enviamos as nossas razões ao Ministério Público e também sugerimos que o Enem seja adiado”, informou o secretário da Educação Pauderney Avelino.

As informações foram reportadas no G1.

Ontem (12), o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que as datas não serão alteradas: “Não vamos adiar o Enem. Primeiro porque tomamos todos os cuidados de biossegurança possíveis. Queremos dar tranquilidade para você que vai fazer a prova, assim como aconteceu no domingo, em menor proporção, claro, no exame da Fuvest [vestibular da Universidade de São Paulo (USP)]”, disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247