Manifestantes brigam na porta da PF, onde Daniel Silveira está preso (vídeo)

Os manifestantes, a grande maioria sem máscara, também atacaram equipes de imprensa

(Foto: Aline Massuca/ Metrópoles)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - A Polícia Militar do Rio de Janeiro reforça a segurança nas entradas da Superintendência da Polícia Federal do Rio, no centro da cidade, na tarde desta quarta-feira (17/2), para conter manifestantes que pedem a libertação do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

Os apoiadores do parlamentar atacaram um homem que levantou uma placa com o nome da vereadora Marielle Franco, semelhante à que foi quebrada pelo político, ao lado do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL-RJ), em 2018.

Os manifestantes, a grande maioria sem máscara, também atacaram equipes de imprensa. Jornalistas e cinegrafistas da TV Globo precisaram se abrigar dentro da sede da PF. Em seguida, a equipe da emissora foi escoltada para deixar o local.

Assista:


Continue lendo no Metrópoles

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email