Manuela D’Ávila pede proteção da PF ao TSE e relata ameaças

A candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad, Manuela D'Ávila (PCdoB), solicitou proteção da Polícia Federal ao Tribunal Superior Eleitoral; Manuela relata ter sofrido ameaças depois de um boato a relacionando com Adélio Bispo, homem que esfaqueou o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), foi divulgado nas redes sociais. Mensagens afirmam que ela teria ligado para ele no dia 6 de setembro, quando o candidato do PSL foi esfaqueado; pedido é assinado pela defesa da candidata e da coligação O Povo Feliz de Novo. O relator do caso é o ministro do TSE Og Fernandes  

Manuela D’Ávila pede proteção da PF ao TSE e relata ameaças
Manuela D’Ávila pede proteção da PF ao TSE e relata ameaças

247 - A candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad, Manuela D'Ávila (PCdoB), solicitou nesta segunda feira (24) proteção da Polícia Federal ao Tribunal Superior Eleitoral. O pedido é assinado pela defesa da candidata e da coligação O Povo Feliz de Novo. O relator do caso é o ministro do TSE Og Fernandes.

Manuela relata ter sofrido ameaças depois de um boato a relacionando com Adélio Bispo, homem que esfaqueou o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), foi divulgado nas redes sociais. Mensagens afirmam que ela teria ligado para ele no dia 6 de setembro, quando o candidato do PSL foi esfaqueado.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247