Marcello Miller pede que STF interrogue Janot

Os advogados de defesa do ex-procurador Marcello Miller pediram ao Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (12) que o procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, e outros integrantes do Ministério Público Federal prestem depoimento para falar sobre as suspeitas de que ele teria ajudado delatores do grupo J&F a negociar acordo de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato; a estratégia da defesa é tentar demonstrar que Miller é inocente e esclarecer se em algum momento o ex-procurador da República solicitou a cada um que "intercedesse de qualquer forma em favor" da holding controladora do frigorífico JBS

alta resolucao BELO HORIZONTE MG 14/09/2016 POLITICA - PGR MARCELLO MILLER Procurador Marcelo Paranhos de Oliveira Miller participa do Painel I - caso Lava Jato e as mudanças de paradigma na investigação criminal no Brasil Fotos: Alex Lanza / MPMG
alta resolucao BELO HORIZONTE MG 14/09/2016 POLITICA - PGR MARCELLO MILLER Procurador Marcelo Paranhos de Oliveira Miller participa do Painel I - caso Lava Jato e as mudanças de paradigma na investigação criminal no Brasil Fotos: Alex Lanza / MPMG (Foto: Romulo Faro)

247 - Os advogados de defesa do ex-procurador Marcello Miller pediram ao Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (12) que o procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, e outros integrantes do Ministério Público Federal prestem depoimento para falar sobre as suspeitas de que ele teria ajudado delatores do grupo J&F a negociar acordo de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato.

A estratégia da defesa, de acordo com o G1, é tentar demonstrar que Miller é inocente e esclarecer se em algum momento o ex-procurador da República solicitou a cada um que "intercedesse de qualquer forma em favor" da holding controladora do frigorífico JBS.

O pedido foi protocolado dentro na mesma ação na qual Janot STF solicitou ao STF para prender Miller. O pedido de prisão foi negado na última sexta (8) pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo.

Os advogados de Miller negam que ele tenha atuado dos "dois lados do balcão", trabalhando na PGR e também para os executivos da J&F. Além de Janot, Miller também pediu a Fachin oitivas com os procuradores Eduardo Pellela e Fernando Alencar, com o promotor Sergio Bruno, todos auxiliares de Janot na Operação Lava Jato.

O ex-procurador também pediu interrogatório com seu ex-assessor Marcos Gouveia, para que informe se recebeu pedidos dele para acessar dados, documentos ou informações do Ministério Público sobre as operações Lava Jato e Greenfield relacionadas à J&F.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247