Marco Aurélio vê pressa em pedido de prisão

O ministro do STF, Marco Aurélio Mello, manifesta preocupação diante da rapidez com que a prisão do ex presidente Lula foi decretada; para ele, há caminhos para a defesa evitar a prisão; o ministro ainda entende que a decisão do pleno do STF não deveria ter relação direta com o ex presidente Lula e sim com o ordenamento jurídico que embasa as prisões em segunda instância de maneira geral

Marco Aurélio Mello
Marco Aurélio Mello (Foto: Gustavo Conde)

Do DCM, por Joaquim de Carvalho - Em entrevista por telefone ao Diário do Centro do Mundo (DCM), o ministro Marco Aurélio Mello disse que vê com muita preocupação a pressa do juiz Sergio Moro em decretar a prisão do ex-presidente Lula. “Soube dessa notícia como você, pela imprensa, e vejo com muita preocupação o que possa acontecer. Tempos estranhos estamos vivendo, tempos muito estranhos”, disse.

O ministro considera que há caminhos para a defesa do ex-presidente Lula para evitar a prisão. “Um habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 4a. Região, por exemplo”, afirmou. Para ele agir, disse que faltam instrumentos. “Nada chegou até mim que eu pudesse decidir agora. Direito tem seus caminhos…”, afirmou.

Veja mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247