MEC recebeu mais de R$ 1 bi recuperado na Lava Jato mas não utilizou

Apesar da pasta da educação sofrer com a insuficiência de verbas, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, ignora cerca de 1 bilhão de reais que foram recuperados na Lava Jato e que poderiam ser utilizados pelo ministério

Brasília- DF. 11-12- 2019-   ministro da Educação Abraham Weintraub durante depoimento na comissão de educação da câmara
Brasília- DF. 11-12- 2019- ministro da Educação Abraham Weintraub durante depoimento na comissão de educação da câmara (Foto: Lula Marques)

247 -  Jair Bolsonaro alardeou o direcionamento dos recursos recuperados pela Operação Lava Jato para a educação com euforia, mas, no entanto, o ministro da pasta, Abraham Weintraub, não usou o dinheiro destinado às ações de educação básica até o momento. 

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Pulo, o fundo, de R$ 2,6 bilhões, foi alvo de disputa e acabou tendo os recursos destinados à educação e à preservação ambiental, divididos entre sete ministérios.  Apesar de ter recebido a maior fatia, acima de R$ 1 bilhão, Weintraub foi o único que não deu finalidade à verba —o ministro nem sequer empenhou o recurso.

A reportagem procurou o MEC que confirmou o não uso da verba. 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247