CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Médico de Bolsonaro entra na mira da PF e pode ser investigado

Ricardo Camarinha é apontado como funcionário fantasma

Imagem Thumbnail
(Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Médico da Presidência da República na gestão de Jair Bolsonaro (PL), Ricardo Camarinha é apontado como funcionário fantasma e pode entrar para a lista de investigados pela Polícia Federal.

“Nos depoimentos à PF prestados semana passada, funcionários da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) do escritório de Miami afirmaram que o médico era funcionário fantasma, pois recebia o salário de R$ 36,8 mil sem aparecer para trabalhar na agência”, informa a jornalista Bela Megale, em sua coluna no jornal O Globo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“Os depoentes contaram aos investigadores que a nomeação de Camarinha se deu por ordem expressa de Bolsonaro ao general Cid, que era o chefe da Apex em Miami. Segundo os funcionários da agência, o militar relatou à área de recursos humanos que o médico precisava ser contratado a pedido do então presidente”, acrescenta.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO