Mello Franco diz que Rocha Loures é o fato novo que implodirá Temer

"O ex-assessor presidencial já era visto como o homem-bomba do governo. Agora seu pavio está aceso, e uma delação tende a explodir o que ainda resiste de pé no Planalto", diz o jornalista Bernardo Mello Franco

Michel Temer e deputado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-PR),  pego com mala com propina de R$ 500 mil paga pela JBS .2
Michel Temer e deputado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-PR),  pego com mala com propina de R$ 500 mil paga pela JBS .2 (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A prisão do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures é o fato novo que faltava para a implosão definitiva de Michel Temer, avalia Bernardo Mello Franco.

"Nos últimos dias, aliados de Michel Temer repetiam que só um fato novo, intransponível, seria capaz de ameaçar a sobrevivência do presidente. O fato novo acordou cedo e entrou em campo às seis da manhã deste sábado. Rodrigo Rocha Loures, o deputado da mala, foi preso pela Polícia Federal", diz ele.

"O ex-assessor presidencial já era visto como o homem-bomba do governo. Agora seu pavio está aceso, e uma delação tende a explodir o que ainda resiste de pé no Planalto."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247