Mello Franco: 'nenhum outro economista espelharia o bolsonarismo tão bem como Guedes'

"Nenhum outro economista espelharia tão bem os valores e princípios do bolsonarismo. Ou a ausência deles”, diz o jornalista Bernardo Mello Franco sobre o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Em dois anos e quatro meses no poder, Guedes já ofendeu mulheres, servidores públicos e pobres em geral”, observa

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução | ABr)


247 - O jornalista Bernardo Mello Franco avalia que o ministro da Economia, Paulo Guedes,  “continua a ser o homem certo para o cargo que ocupa. Nenhum outro economista espelharia tão bem os valores e princípios do bolsonarismo. Ou a ausência deles”. “Em dois anos e quatro meses no poder, Guedes já ofendeu mulheres, servidores públicos e pobres em geral”, completa Mello Franco em sua coluna desta sexta-feira (30) no jornal O Globo.

 O jornalista observa que Guedes criou um novo atrito diplomático com China, maior parceiro comercial do Brasil, ao afirmar que “o chinês inventou o vírus, e a vacina dele é menos efetiva do que a americana”. 

“Guedes também reclamou do envelhecimento da população, um fato que deveria ser comemorado. ‘Todo mundo quer viver cem anos’, resmungou, acrescentando que não haveria como atender a todos no setor público”, ressalta.

“Na reunião de terça, Guedes reclamou que o Fies bancou a faculdade de ‘filho de porteiro’ que tirou zero no vestibular. A história é inverossímil porque o programa exige nota mínima para conceder bolsas. Mas a mentira não é o pior da fala ministerial”, diz Mello Franco. 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email