Membros do Conselho Nacional do Ministério Publico avaliam que Dallagnol será punido

A nova composição do Conselho Nacional do Ministério Público aponta placar desfavorável ao procurador Deltan Dallagnol, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, que pode ser punido pelas irregularidades que cometeu em parceria com Sérgio Moro na condução da operação

(Foto: Rovena Rosa/ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) divulgaram a informação de que, com a nova formação do colegiado, é inevitável a punição ao procurador Deltan Dallagnol.  

O responsável pela Operação Lava Lato em Curitiba é alvo de 16 representações no CNMP.   

Na avaliação entre membros do conselho, ele será no mínimo advertido quando seus casos voltarem a tramitar.  

Repercutiu muito mal no CNMP a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, de proteger Deltan Dallagnol ao travar a análise de um processo que estava pronto para ser julgado no CNMP.   

Hoje, membros do colegiado apostam que o placar é de 8 a 3 contra Deltan.   

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247