Mesmo sem provas, Bolsonaro insiste em criticar voto eletrônico

Ao votar hoje de manhã na zona oeste do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro defendeu o voto impresso, sem apresentar prova alguma de que existe fraude no sistema eleitoral brasileiro

Bolsonaro votou na zona oeste do Rio de Janeiro; Foto: Reprodução/TV Globo
Bolsonaro votou na zona oeste do Rio de Janeiro; Foto: Reprodução/TV Globo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro votou nesta manhã na zona oeste do Rio de Janeiro, ocasião que aproveitou para pôr em dúvida a credibilidade das urnas eletrônicas.

Sem apresentar provas de que existe fraude, ele disse: “Eu espero do sistema eleitoral brasileiro que em 2022 tenhamos um sistema seguro, que possa dar garantias ao eleitor que em quem ele votou o voto foi efetivamente para aquela pessoa. O voto impresso é uma necessidade, as reclamações são demais. Eu estou vendo trabalho de hacker aqui e em qualquer lugar. A apuração tem que ser pública. Quem não quer entender isso, eu não sei o que pensa da democracia”.

Bolsonaro também revelou à imprensa que seu voto foi para Crivella (Republicanos): "Eu votei no Crivella, todo mundo sabe disso. Fiz carreata, comício para alguém? Discretamente meu nome para alguns candidatos e o povo decidiu”, disse, como reportado no Uol. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247