Metrô irá para o miolo de Higienópolis; PSDB racha

Presso dos moradores do bairro pode ter sido tiro pela culatra; estao, agora, ir para perto da Pa. Vilaboim, no corao da rea chic; ex-secretrio Portelinha critica e gera racha entre tucanos; Lula v preconceito; assista vdeo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Marco Damiani, 247_ A pressão dos moradodes de Higienópolis para mudar o projeto original da Linha 6 - Laranja pode ter sido um tiro que saiu pela culatra. Em novo anúncio, o Metrô informou que a polêmica estação que ficaria, originalmente, na esquina da rua Sergipe com avenida Angélica, irá para perto da Praça Vilaboim, no miolo do bairro nobre. Antes, a alternativa seria uma estação na Praça Charles Miller, diante do estádio do Pacaembu.

A verdade é que a polêmica está longe de terminar. Ex-todo poderoso integrante da cúpula do PSDB, o ex-secretário de Transportes José Luiz Portela, ligado ao ex-governador José Serra e ao ex-presidente Fernando Henrique, entrou de sola na briga. Em entrevista à rádio CBN neste sábado 14, ele sustentou que, tecnicamente, o melhor para o metrô é mesmo a estação no ponto original. “Entre Angélica e Pacaembu, Angélica", cravou Portelinha, como o ex-secretário é conhecido. “Quanto mais próximo da Angélica, melhor. Isso é claro”. Ele explicou que, se a estação for feita na Praça Charles Miller, dianta do estádio do Pacaembu, as dificuldades técnicas irão crescer. "Quanto mais se chega ao nível do rio, pior o solo fica", completou Portela. O ex-secretário pertenceu ao primeiro escalão do governo Fernando Henrique. Percebendo o efeito de suas críticas, ele próprio não quis falar mais a respeito, dizendo ter agido, na rádio CBN, como "comentarista".

As afirmações de Portelinha, que atingem diretamente os planos do atual Jurandir Fernandes, um dos mais próximos ao governador Geraldo Alckmin, mereceram silêncio na Secretaria de Transportes, que informou que não irá comentar a divergência. Internamente, porém, as reclamações geram grande mau estar, porque partiram de um quadro tucano que faz parte da alta cúpula do partido. Vale lembrar que o ex-presidente Fernando Henrique é um dos moradores mais conhecidos de Higienópolis.

Enquanto isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também resolveu, como se diz, meter a sua colher na discussão. "Sinceramente, não posso conceber que uma pessoa que estudou e tem posses seja tão preconceituosa e queira evitar que as pessoas mais humildes possam transitar no bairro onde mora", disse ele, depois de receber homenagem no sindicato dos Metalúrgicos de São Bernando, a respeito do posicionamento dos moradores de Higienópolis, "Eu lutei a vida inteira contra o preconceito. Acho isso inadmissível".

No bairro, quem é morador, não quer, mas quem trabalha em Higienópolis e imediações, quer. É a polêmica instalada sobre ter ou não uma estação de metrô num bairro considerado chic. Aliás, habitado por "pessoas diferenciadas", como ele está sendo chamado nas redes sociais. A vídeo-reportagem do Brasil 247 foi conferir as opiniões dos moradores e cidadãos que atuam no bairro.

Assista ao vídeo e leia também a reportagem "Guerra do metrô mostra a força das redes sociais", que revela que o Ministério Público pode forçar a instalação do metrô em Higienópolis, bem como o artigo "Gente limpinha", sobre a polêmica.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247