Militares já aceitam com naturalidade libertação de Lula

Segundo a jornalista Mônica Bergamo, em nota publicada nesta segunda-feira (2) em sua coluna na Folha de S.Paulo, a eventual libertação do ex-presidente Lula, preso político desde abril do ano passado, já é admitida com naturalidade por militares

(Foto: Felipe L. Gonçalves/247)

247 - Segundo a jornalista Mônica Bergamo, em nota publicada nesta segunda-feira (2) em sua coluna na Folha de S.Paulo, a eventual libertação do ex-presidente Lula, preso político desde abril do ano passado, já é admitida com naturalidade por militares.  

Magistrados de cortes superiores que têm bom relacionamento com os militares já capturaram sinais de que eventual libertação do petista não seria mais - como no ano passado - motivo de turbulência na caserna.  

Cresce a expectativa em torno do julgamento sobre a prisão depois de condenação em segunda instância no STF (Supremo Tribunal Federal), decisivo para a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso político em Curitiba desde abril do ano passado.    

Caso a prisão após julgamento em segunda instância seja considerada inconstitucional, Lula pode ser beneficiado e sair da prisão.  

O julgamento é aguardado para depois da indicação do novo procurador-geral da República.   

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247