'Minha guerra é contra a fome', disse Lula aos EUA sobre entrar na guerra do Iraque

O Twitter oficial do ex-presidente Lula lembrou que os EUA, que tentam forçar o Brasil a apoiar uma eventual intervenção militar na Venezuela, também tentaram fazer com que o país entrasse na guerra do Iraque; "RECORDAR É VIVER. Lembranças de um estadista - "Na 1ª vez que falei com Bush ele queria que o Brasil entrasse na guerra contra o Iraque. Respondi que minha guerra era contra a fome no meu país", destaca a postagem

'Minha guerra é contra a fome', disse Lula aos EUA sobre entrar na guerra do Iraque
'Minha guerra é contra a fome', disse Lula aos EUA sobre entrar na guerra do Iraque (Foto: REUTERS/Diego Vara)

247 - O Twitter oficial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lembrou que os Estados Unidos, que tentam forçar o Brasil a apoiar uma eventual intervenção militar na Venezuela, também tentaram fazer com que o país entrasse na guerra do Iraque. "RECORDAR É VIVER. Lembranças de um estadista - "Na 1ª vez que falei com Bush ele queria que o Brasil entrasse na guerra contra o Iraque. Respondi que minha guerra era contra a fome no meu país", destaca a postagem.

A ação dos Estados Unidos na crise venezuelana vem se intensificando e países como a Rússia e a China acusam o país norte-americano de insuflar a situação para justificar uma intervenção militar contra o governo de Nicolás Maduro. Sob o governo de Jair Bolsonaro,o Brasil vem se alinhando aos interesses da política externa norte-americana e uma ação militar contra a Venezuela vem sendo defendida por setores do governo e por Carlos Bolsonaro, filho do presidente. Ação militar, contudo, vem sendo rechaçada até mesmo pelos militares da cúpula governista. (Leia mais no Brasil 247)

Confira a postagem.  

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247