Ministério da Justiça multa cinco fabricantes de leite

Empresas Parmalat, Marajoara, Barbosa e Marques e Cooperoeste estavam comercializando o leite UHT integral e o leite em pó em desacordo com a legislação vigente; punições vão de R$ 308 mil a R$ 525 mil

Empresas Parmalat, Marajoara, Barbosa e Marques e Cooperoeste estavam comercializando o leite UHT integral e o leite em pó em desacordo com a legislação vigente; punições vão de R$ 308 mil a R$ 525 mil
Empresas Parmalat, Marajoara, Barbosa e Marques e Cooperoeste estavam comercializando o leite UHT integral e o leite em pó em desacordo com a legislação vigente; punições vão de R$ 308 mil a R$ 525 mil (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Luciano Nascimento
Repórter da Agência Brasil

Brasília - As empresas Parmalat, Marajoara, Barbosa e Marques e Cooperoeste foram multadas hoje (15), pelo Departamento de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, por comercializarem o leite UHT integral e o leite em pó em desacordo com a legislação vigente. Segundo o ministério, as empresas desrespeitaram a informação contida nos rótulos e as normas técnicas que asseguram a qualidade do produto.

Técnicos dos ministérios da Justiça e da Agricultura instauraram quatro processos administrativos que resultaram nas multas. O valor das multas foi R$ 308 mil, R$ 150 mil, R$ 191 mil e R$ 525 mil, respectivamente. A investigação apurou que os produtos apresentaram quantidades de carboidratos, proteínas, gorduras diferentes daquelas descritas nas embalagens, com variação acima do permitido.

Os técnicos também verificaram violações a direitos básicos dos consumidores, como cumprimento de oferta e de critérios de qualidade estabelecidos em regulamentos técnicos. O Código de Defesa do Consumidor determina que produtos em desacordo com normas técnicas são impróprios ao consumo e comercializá-los constitui prática abusiva.

Edição: Aécio Amado

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email