Ministério da Saúde e Butantan selam acordo para distribuição das vacinas contra Covid-19 a todo país

Um acordo entre o Ministério da Saúde e o Instituto Butantã rompeu o impasse em torno da vacinação no Brasil: o governo federal será responsável pela distribuição das vacinas contra a Covid-19 a todos os estados

(Foto: Thomas Samson/AFP/Pool)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério da Saúde informou nesta sábado (9), segundo a Folha de S.Paulo,  que fechou acordo com o Instituto Butantan, de São Paulo, para distribuir com exclusividade as vacinas contra o novo coronavírus pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para todos os estados, simultaneamente. O diretor-geral do Instituto Butantan, Dimas Covas, confirmou o acordo, segundo o G1.

Segundo Dimas Covas, o governo federal irá  incorporar todas as doses da Coronavac, desenvolvida em parceria pelo Butantan e pelo laboratório chinês Sinovac, no Plano Nacional de Imunização (PNI) e deve gerir o calendário de distribuição das vacinas em todo o país.

"Assim, brasileiros de todo o país receberão a vacina simultaneamente, dentro da logística integrada e tripartite, feita pelo Ministério da Saúde e as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde", informou em nota, o Ministério da Saúde.

"Ontem de noite tive reunião com os técnicos do Ministério da Saúde. No momento, o Butantan tem 6 milhões de doses e serão incorporadas pelo ministério, a medida que houver liberação do uso emergencial. Essas vacinas serão distribuídas por todos os estados de forma proporcional, obedecendo critérios demográficos e número de pessoas nas faixas de risco. Todos os estados serão atendidos. Com essas e mais 2 milhões vindo pela FioCruz. Teremos em janeiro 8 milhões de doses para iniciar a campanha [nacional] de vacinação", afirmou o diretor do Butantan.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email