Ministério de Moro não usa verba de R$ 4 bilhões do BNDES para segurança pública

O Ministério da Justiça do governo Bolsonaro, comandado por Sergio Moro deixa parado no BNDES recurso de R$ 4 bilhões destinados à segurança pública, em meio à escassez geral de recursos e ao aperto orçamentário para 2020

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 -  O Ministério da Justiça do governo Bolsonaro, comandado por Sergio Moro, deixa parado no BNDES recurso de R$ 4 bilhões destinados à segurança pública, em meio à escassez geral de recursos e ao aperto orçamentário para 2020. 

Lançado pelo banco em maio de 2018, um programa que pretendia liberar crédito para que estados e municípios comprassem equipamentos — carros, coletes, drones, entre outros — ainda não desembolsou sequer um real, informa O Globo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247