Ministério de Moro não usa verba de R$ 4 bilhões do BNDES para segurança pública

O Ministério da Justiça do governo Bolsonaro, comandado por Sergio Moro deixa parado no BNDES recurso de R$ 4 bilhões destinados à segurança pública, em meio à escassez geral de recursos e ao aperto orçamentário para 2020

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O Ministério da Justiça do governo Bolsonaro, comandado por Sergio Moro, deixa parado no BNDES recurso de R$ 4 bilhões destinados à segurança pública, em meio à escassez geral de recursos e ao aperto orçamentário para 2020. 

Lançado pelo banco em maio de 2018, um programa que pretendia liberar crédito para que estados e municípios comprassem equipamentos — carros, coletes, drones, entre outros — ainda não desembolsou sequer um real, informa O Globo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email