Ministério Público Eleitoral diz que Bolsonaro ofendeu honra de Lula e antecipou campanha eleitoral

Ao atacar Lula no Maranhão, Bolsonaro antecipou a campanha. Ministério Público Eleitoral acatou parcialmente representação do PCdoB que o acusa de fazer propaganda eleitoral antecipada

www.brasil247.com - Bolsonaro e Lula
Bolsonaro e Lula (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - O Ministério Público Eleitoral (MPE) manifestou-se pela parcial procedência de uma representação contra Jair Bolsonaro por propaganda eleitoral antecipada.

Em discurso durante visita ao Maranhão no dia 21 de maio, o ocupante do Palácio do Planalto atacou adversários nas eleições de 2022.

Na ocasião, Bolsonaro disse que para o ano que vem já havia uma chapa formada: "O ladrão candidato a presidente e um vagabundo como vice". 

De acordo com o entendimento do MPE, Bolsonaro ofendeu a honra de Lula, seu principal opositor na disputa eleitoral do próximo ano, informa a jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

O MPE sugere a condenação de Bolsonaro à sanção de multa. 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247