Ministro da Educação tenta justificar suas notas baixas: minha vida era um inferno

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, confirmou em um vídeo na sua conta no Twitter que é mesmo dele o boletim que circulava nas redes sociais com suas notas quando era aluno na USP; no vídeo ele conta que o boletim se refere ao seu primeiro ano de faculdade na USP; “Foi um inferno”, tentou justificar o ministro 

Ministro da Educação tenta justificar suas notas baixas: minha vida era um inferno
Ministro da Educação tenta justificar suas notas baixas: minha vida era um inferno (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, confirmou em um vídeo na sua conta no Twitter que é mesmo dele o boletim que circulava nas redes sociais com suas notas quando era aluno na Universidade de São Paulo (USP). “Não é fake news”, diz Weintraub. O documento mostra cinco notas zero para o aluno, em disciplinas como introdução à economia, história econômica geral e introdução à sociologia. A informação é do jornal Estado de S.Paulo. 

No vídeo ele conta que o boletim se refere ao seu primeiro ano de faculdade na USP. “Foi um inferno”. “Meus pais se separaram, teve o Plano Collor, minha família desmanchou, eu tive depressão e eu sofri um acidente horroroso que eu tive que colocar um parafuso no braço. Fiquei seis meses sem poder escrever e só teve um professor que me deixou fazer prova oral”. Nesse momento, Weintraub desabotoa a camisa e mostra uma cicatriz “de 15 centímetros”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247