Alvo de nova Vaza Jato, Moro ataca a imprensa: mau jornalismo

Ministro chama a publicação do UOL com base no Intercept de "matéria falsa e caluniosa" e define os vazamentos de diálogos de autoridades por veículos de imprensa como "supostas mensagens de terceiros obtidas de forma criminosa para salvar corruptos"

Sérgio Moro - ministro da Justiça
Sérgio Moro - ministro da Justiça (Foto: Lula Marques)

247 - Alvo de um novo capítulo da Vaza Jato neste sábado 19, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, chamou reportagem publicada pelo portal UOL, com base no site The Intercept, responsável pelos vazamentos, de "mau jornalismo".

A reportagem revela que Moro determinava ações de busca mesmo da Lava Jato sem a provocação do Ministério Público, o que é ilegal, e que não conspirou somente com os procuradores, mas também com a Polícia Federal, que dizia "ajeitar" a situação.

Pelo Twitter, Moro disse também que a matéria do UOL é "falsa e caluniosa", e acusou o veículo de "sequer ouvir os envolvidos". "Não reconheço a autenticidade de mensagens de terceiros obtidas por meios criminosos", reforçou. Confira:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247