Moro comunica seus patrões que desistiu de ser candidato à Presidência

Condenado pelo STF por causa de sua parcialidade contra o ex-presidente Lula, Sérgio Moro informou à consultoria Alvarez & Marsal (EUA) que não disputará a presidência da República em 2022

Sérgio Moro
Sérgio Moro (Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Condenado pelo Supremo Tribunal Federal por causa de sua parcialidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sérgio Moro informou ao seu empregador, a consultoria Alvarez & Marsal (EUA), que não será candidato ao Palácio do Planalto em 2022, de acordo com nota publicada nesta sexta-feira (7) pela coluna Radar

Um colega do ex-magistrado havia dito que Moro estuda novamente se mudar para os EUA.

Coordenador do Grupo Prerrogativas, o advogado Marco Aurélio de Carvalho afirmou que poderá ser feito um pedido de extradição, caso o ex-juiz vá morar nos Estados Unidos.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email