Moro defende regulamentação do lobby no Brasil

O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, voltou a defender a regulamentação do lobby no país; "É melhor ser regulamentado do que ser feito às escondidas", afirmou; proposta sobre o assunto foi apresentada há cerca de um ano e foi elaborada em conjunto por especialistas do Ministério da Transparência, Fiscalização e da Controladoria-Geral da União (CGU)

Moro defende regulamentação do lobby no Brasil
Moro defende regulamentação do lobby no Brasil (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Sputnik - O futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, defendeu mais uma vez nesta quinta-feira (13) a regulamentação do lobby no país. Ele se refere à definição de critérios para as atividades de pessoas ou grupos que atuam em várias frentes para viabilizar seus interesses.

O ex-juiz endossou o argumento de defensores da proposta por mais transparência no processo.

"É melhor ser regulamentado do que ser feito às escondidas", afirmou Moro, após almoço com integrantes de parte da equipe de transição.
Há cerca de um ano foi apresentada uma proposta de regulamentação do lobby elaborada em conjunto por especialistas do Ministério da Transparência, Fiscalização e da Controladoria-Geral da União (CGU).

Moro afirmou que até segunda-feira (16) vai decidir o nome de quem sucederá o delegado da Polícia Federal Luiz Pontel no cargo de secretário nacional de Justiça.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247