Moro definia até o tom da notas oficiais da procuradoria

O jornalista Fernando Brito, editor do blog Tijolaço, afirma que não há mais como Sergio Moro fingir que não entendeu o que está acontecendo; ele diz: "é irrespondível o novo lote de mensagens entre Sérgio Moro, Deltan Dalagnol e Carlos Roberto dos Santos Lima, o decano da força-tarefa da Lava Jato. É uma combinação explícita de como devem ser tratados pela mídia os fatos do processo (...) Moro orienta até o tom das notas oficiais da Procuradoria"

Por Fernando Brito, do Blog Tijolaço - É irrespondível o novo lote de mensagens entre Sérgio Moro, Deltan Dalagnol e Carlos Roberto dos Santos Lima, o decano da força-tarefa da Lava Jato.

É uma combinação explícita de como devem ser tratados pela mídia os fatos do processo.

Os promotores agem, sem desculpas de “descuido” sob a chefia do juiz.

Moro orienta até o tom das notas oficiais da Procuradoria.

Que, por sua vez, combina entrevistas com a Globo, atenta à repercussão das denúncias da defesa do ex-presidente.

Copio, já que o The Intercept teve o cuidade de reproduzir na íntegra os materiais, para evitar as acusações de montagem, de toda a sexta reportagem da série.

Com a certeza absoluta que eles ainda estão apenas “na beirada” do que têm.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247