Enfraquecido, Moro deve seguir na defensiva no Congresso

Sergio Moro seguirá na defensiva no Congresso, com a retomada dos trabalhos na próxima semana; mesmo com o cenário adverso, Moro vai tentar impulsionar o projeto do pacote anticorrupção, que continua estacionado em um grupo de trabalhos na Câmara

Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - O pacote anticorrupção do ministro da Justiça, Sergio Moro, é uma das prioridades do governo na pauta do Congresso, mas ainda fica atrás das reformas da Previdência e tributária. A crise em torno do ministro, deflagrada pelo vazamento das conversas privadas no âmbito da Lava-Jato, agravou-se com a edição da Portaria 666 e com o massacre no presídio de Altamira, no Pará. Apesar da prisão dos suspeitos de invasão do seu celular e de mais de mil autoridades, Moro seguirá na defensiva no Congresso, com a retomada dos trabalhos na próxima semana. A reportagem é da jornalista Andrea Jube, no portal Valor Econômico 

Mesmo com o cenário adverso, Moro vai tentar impulsionar o projeto, que continua estacionado em um grupo de trabalhos na Câmara. Hoje o ministro deveria receber o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para um café da manhã no Ministério da Justiça a fim de discutir o tema, mas o encontro foi cancelado ontem à noite. Na terça-feira, Maia reuniu-se com o presidente Jair Bolsonaro e deliberou-se que as prioridades seriam as reformas da Previdência e tributária.

A oposição reúne-se na segunda-feira em Brasília para articular a ofensiva contra Moro. A ideia é apresentar requerimento de convocação em uma das comissões temáticas para que o ministro dê explicações sobre a Portaria 666, que prevê a deportação sumária de "pessoa perigosa ou que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição".

Na oportunidade, Moro também poderá ser questionado sobre a chacina no presídio em Altamira, sudoeste do Pará, que culminou na morte de 58 detentos, bem como sobre a nova leva de diálogos vazados entre procuradores da força-tarefa da Lava-Jato.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247