Moro ironiza Folha e Intercept em latim e diz que a montanha pariu um rato

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, usou uma frase em latim para minimizar o impacto da divulgação dos diálogos em que aparece orientando e induzindo a atuação de procuradores nos processos da Lava Jato; “Um pouco de cultura. Do latim, direto de Horácio, parturiunt montes, nascetur ridiculus mus”, postou no Twitter

Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Em uma tentativa de desqualificar a troca de mensagens em que aparece orientando e sugerindo ações a procuradores da Lava Jato, em uma nítida violação da imparcialidade nos tempos em que era juiz da 13ª Vara Federal em Curitiba, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, usou uma frase em latim, do filósofo e poeta lírico e satírico romano Horácio, para minimizar o impacto dos diálogos divulgados pelo site The Intecept Brasil. “Um pouco de cultura. Do latim, direto de Horácio, parturiunt montes, nascetur ridiculus mus”, postou Moro no Twitter. Na frase, cuja tradução é “as montanhas partejam, nascerá um ridículo rato”, Horácio condena o espalhafato em torno de algo que fracassa em sua execução.

Não é a primeira vez em que Moro tenta desqualificar as reportagens do The Intercept, que recentemente firmou parceria com o jornal Folha de S. Paulo para divulgar as mensagens trocadas pelos integrantes da Lava Jato. Moro já tentou em diversas ocasiões colocar suspeitas sobre as mensagens ao formar que “não é possível constatar “sua veracidade” e ao sugerir que elas pudessem ter sido “manipuladas” em algum processo de edição. 

Ele também chamou de crime o vazamento dos textos, muito embora a própria Lava Jato tenha feito uso do expediente para angariar apoio perante a opinião pública. Moro também divulgou, sem autorização, uma intercepção telefônica considerada ilegal entre a presidente deposta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

PUBLICIDADE

Confira o Twitter de Sérgio Moro sobre o assunto.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email