Moro mentiu ao dizer que celular de Bolsonaro foi hackeado

A informação de que o celular do presidente Jair Bolsonaro foi hackeado não convenceu nem mesmo parte do núcleo do governo, diz a jornalista Mônica Bergamo

(Foto: Lula Marques)

247 - A colunista da Folha afirma que assessores do presidente ainda duvidam que isso tenha ocorrido, apesar da nota divulgada pelo Ministério da Justiça, comandado por Sergio Moro.

Ou seja, o ministro espalha uma notícia falsa para embaralhar ainda mais os fatos em torno da invasão de números telefônicos de autoridades.  

A descrença na invasão do celular de Bolsonaro vem do fato de que pessoas do seu núcleo mais próximo nunca sofreram interferência nem o presidente se queixou de qualquer anormalidade, diz a coluna.  

O próprio "hacker" Walter Delgatti Neto, preso há uma semana, declarou à Polícia Federal que invadiu os celulares de diversas autoridades, mas nenhuma do atual governo federal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247