Moro não foi consultado para ato de exoneração de Valeixo que tem sua assinatura no DO

É o que informa o colunista da Folha Leandro Colon. "Segundo a Folha apurou, o ministro não assinou a medida formalmente, nem foi avisado oficialmente pelo Planalto de sua publicação", diz

www.brasil247.com - Sérgio Moro
Sérgio Moro (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)


247 - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, não foi sequer consultado sobre a exoneração do agora ex-diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo. A informação é do colunista do jornal Folha de S.Paulo Leandro Colon.

"A exoneração de Valeixo saiu "a pedido" com as assinaturas eletrônicas de Bolsonaro e Moro. Segundo a Folha apurou, o ministro não assinou a medida formalmente, nem foi avisado oficialmente pelo Planalto de sua publicação", escreve o jornalista no Twitter.

"Moro nem Bolsonaro negaram publicamente o pedido de demissão. A saída de Valeixo foi sacramentada em meio a negociações para permanência de Moro. Aliados avaliam que fica difícil para o ministro ficar no governo diante do ato no D.O", afirma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email