Moro não pede extradição de Eduardo Fauzi, que promoveu atentado contra Porta dos Fundos

O Ministério da Justiça e o Itamaraty negaram ter dado prosseguimento a pedido de extradição de um dos acusados pelo ataque à produtora do Porta dos Fundos, o empresário Eduardo Fauzi, que encontra-se foragido na Rússia

Eduardo Fauzi Richard Cerquise
Eduardo Fauzi Richard Cerquise (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Eduardo Fauzi, considerado foragido depois de embarcar para a Rússia um dia antes de sua prisão ser decretada, em 30 de dezembro, por ser investigado por participação em atentado na produtora do Porta dos Fundos, não teve ainda seu pedido de extradição formalizado. Isso porque o Ministério da Justiça e o Itamaraty negaram ter dado prosseguimento ao pedido de extradição.

Ao portal BR Político, o Ministério da Justiça afirmou por e-mail que não realizou nenhuma manifestação sobre o caso. Já o Itamaraty, também por e-mail afirmou que não recebeu da pasta do ministro Sérgio Moro nenhum pedido de extradição relativo a Fauzi e negou ter entrado em contato com autoridades russas para tratar sobre o assunto.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247