Moro não quis responder pergunta de Gleisi sobre conta no exterior

Deputada Gleisi Hoffmann (PR), que preside o PT, questionou o ministro Sérgio Moro sobre suas relações com o advogado Carlos Zucolotto, a quem o doleiro Tacla Duran, denunciado na Lava Jato, atribui diálogos para intermediar sua delação; "O senhor ou a esposa tiveram ou têm conta no exterior?", perguntou; "Não sou eu que sou investigado por corrupção", respondeu Moro

(Foto: Cleia Viana - Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), questionou nesta terça-feira (2) o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, sobre suas relações com o advogado trabalhista Carlos Zucolotto, a quem o doleiro Tacla Duran, denunciado na Operação Lava Jato, atribui supostos diálogos para intermediar sua delação.

“Sua esposa teve escritório com Carlos Zucolotto? Sim ou não? O senhor ou a esposa tiveram ou têm conta no exterior? O senhor já fez viagem ao exterior acompanhado do advogado Zucolotto? Ele já fez pagamentos em favor do senhor nessas viagens?”, perguntou a parlamentar, na audiência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara em que o ministro foi ouvido sobre a troca de mensagens com procuradores divulgadas pelo site Intercept Brasil.

"Não é verdade que o senhor sempre age corretamente. Temos algumas ações judiciais que já cassaram ações suas", acrescentou.

Moro afirmou que, "em relação às contas no exterior, isso é maluquice". "Não sou eu que sou investigado por corrupção".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247