Moro pediu para Bolsonaro indicar Deltan para a PGR e recebeu um "não"

Segundo informações apuradas pelo jornalista Kennedy Alencar, o ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu para Jair Bolsonaro indicar o nome do procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, para ocupar o cargo de procurador-geral da República, e recebeu um não como resposta

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Segundo o jornalista Kennedy Alencar, comentarista da CBN,  o ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu para Jair Bolsonaro indicar o nome do procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, para ocupar o cargo de procurador-geral da República.

"O pedido, no entanto, foi negado por Jair Bolsonaro", conta Kennedy, afirmando ainda que a atual procuradora-geral, Raquel Dodge, perdeu força após ter pedido providências em relação a Eduardo Bolsonaro. "O nome do Dallagnol está fora", reforçou o jornalista. 

O mandato de Dodge termina em setembro. Jair Bolsonaro disse que vai indicar o nome até a próxima sexta-feira (16). Não confirmou se vai seguir a lista tríplice, ou seja, os três mais bem votados pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) para assumir a Procuradoria Geral da República (PGR).

Dallagnol e Moro são protagonistas do escândalo da Vaza Jato revelado pelo The Intercept, que mostra o conluio para incriminar Lula, a manipulação de processo e provas e a articulação para obter lucro com a exposição midiática da Lava Jato.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247