HOME > Brasil

Moro tenta negar que quebrou o Brasil e é destroçado nas redes sociais

Responsável pela destruição de 4,4 milhões de empregos, segundo o Dieese, o ex-juiz suspeito passou vergonha ao tentar contestar o ex-presidente Lula

(Foto: Reprodução | Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | REUTERS/Paulo Whitaker)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ex-juiz Sérgio Moro, declarado suspeito pelo Supremo Tribunal Federal (STF), foi às redes sociais para atacar o ex-presidente Lula. Em vídeo, o ex-juiz, que se tornou ministro de Jair Bolsonaro após inviabilizar a candidatura de Lula, negou ter destruído a Petrobrás e culpou Lula e o PT pelo estrago causado ao País com a operação Lava Jato. 

Durante entrevista nesta quarta-feira, Lula, que venceria as eleições de 2022 no primeiro turno, segundo pesquisa Ipec, chamou Moro de "chefe de quadrilha"

Moro chamou de "teoria da conspiração" a afirmação de Lula de que a Lava Jato tem conexões com os Estados Unidos. "Quero ver ele falar isso para o presidente Biden, que era vice-presidente do Obama à época dos fatos", disse Moro. 

Internautas reagiram ao ataque de Moro. Confira o vídeo e algumas reações:

 

 

 

 

 

 

 

 


Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista a vídeo em que Gleisi Hoffmann desmonta a falácia da Lava Jato:


Leia também matéria da Rede Brasil Atual sobre a destruição causada pela Lava Jato ao país: 

A Lava Jato provocou o fechamento de 4,4 milhões de empregos e fez o país perder R$ 172 bilhões em investimentos desde o início da operação, em 2014. Esses dados constam em estudo conduzido pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) a pedido da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Segundo coluna da jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo, o valor que deixou de ser investido "equivale a 40 vezes os R$ 4,3 bilhões que o Ministério Público Federal diz ter recuperado com a operação. Com isso, os cofres públicos deixaram de arrecadar R$ 47,4 bilhões em impostos, sendo R$ 20,3 bilhões em contribuições sobre a folha de salários”.

A pesquisa diz que o setor mais atingido foi o da construção civil, que perdeu 1,1 milhão de postos de trabalho.

O trabalho, que denuncia o ataque da Lava Jato aos empregos e investimentos, é o primeiro estudo feito com base em dados e documentos oficiais sobre o impacto da operação no mercado de trabalho e na economia. A pesquisa para a elaboração do estudo foi realizada durante um ano.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: