Mourão admite que discussão sobre vacina está 'toda politizada', mas poupa Bolsonaro

"Infelizmente, vocês sabem bem, essa questão está toda politizada. Aí fica 'é do lado A, é do lado B'. Acho que isso não é bom", disse Mourão

Hamilton Mourão durante cerimônia no Palácio Itamaraty, em Brasília
Hamilton Mourão durante cerimônia no Palácio Itamaraty, em Brasília (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, reconheceu que a questão relativa ao desenvolvimento das vacinas contra a covid-19 está politizada.

"Infelizmente, vocês sabem bem, essa questão está toda politizada. Aí fica 'é do lado A, é do lado B'. Acho que isso não é bom", disse Mourão, que evitou comentar se Bolsonaro contribui nessa politização.

Mourão saiu em defesa da decisão de suspensão dos testes da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o instituto Butantan. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu na última segunda-feira (9), os teste e voltou a autorizar nesta quarta-feira (11). 

"O episódio da vacina eu acho, na minha visão, que a Anvisa tomou a atitude correta dentro do que ela tem a responsabilidade dela", afirmou.

A suspensão tinha sido comemorada por Jair Bolsonaro, que considerou uma vitória pessoal sobre o governador João Doria, seu adversário político. 

Mourão ainda afirmou que "uma vez que se esclarecer que realmente o rapaz que, infelizmente, veio a óbito era suicídio, e que o suicídio não tinha nada a ver com alguma consequência psicológica por causa da vacina, retoma-se os testes, como aconteceu com a outra de Oxford. O que não pode é politizar".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247