Movimentos de extrema direita são convocados para ajudar na aprovação de reforma

Movimentos de extrema direita, Nas Ruas e Vem Pra Rua, que apoiaram ativamente a deposição da presidente eleita Dilma Rousseff, agora estão atuando na mobilização pela reforma da Previdência; Ministério da Economia, pasta comandada por Paulo Guedes, está fornecendo informações às lideranças destes movimentos para que atuem na defesa da proposta do governo Jair Bolsonaro, que suprime direitos traballhistas e sociais, e na pressão sobre o Congresso para que os parlamentares aprovem as mudanças

Movimentos de extrema direita são convocados para ajudar na aprovação de reforma
Movimentos de extrema direita são convocados para ajudar na aprovação de reforma

247 - Os movimentos de extrema direita, Nas Ruas e Vem Pra Rua, que apoiaram ativamente a deposição da presidente eleita Dilma Rousseff, agora estão atuando na mobilização pela reforma da Previdência. Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o Ministério da Economia está fornecendo informações às lideranças destes movimentos para que atuem na defesa da proposta encaminhada pelo governo Jair Bolsonaro ao Congresso

A ideia da equipe do ministro Paulo Guedes, é que os movimentos, que organizaram algumas das maiores manifestações pelo impeachment, atuem na pressão sobre o Congresso e ajudem a divulgar o "Mapa da Previdência", que irá mostrar a posição de cada parlamentar acerca do assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247