MP: Flávio Bolsonaro lavou até R$ 1,6 milhão em loja de chocolate

Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro, as quantias depositadas em dinheiro vivo na conta da loja eram desproporcionais se comparadas a outras lojas do ramo

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - O Ministério Público do Rio de Janeiro afirma que o senador Flávio Bolsonaro (sem partido) lavou até R$ 1,6 milhão em sua franquia da loja de chocolates da Kopenhagen.

Segundo o MP, as quantias depositadas na conta da loja eram desproporcionais em comparação a outros estabelecimentos semalhentes. 

Investigadores ainda dizem que os depósitos na conta da loja coincidiam com as datas em que Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, recolhia parte dos salários dos empregados do ex-deputado estadual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O volume lavado na loja de chocolates pode chegar até R$ 1,6 milhão, de acordo com o MP. A estratégia integraria o esquema da "rachadinha" no antigo gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email