MPE vai investigar se Bolsonaro cometeu crime ao fazer propaganda eleitoral em live

No dia 5, em sua live, Jair Bolsonaro divulgou o nome de diversos candidatos, como seu filho Carlos Bolsonaro, que busca se reeleger ao cargo de vereador do Rio

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Ministério Público Eleitoral vai investigar se Jair Bolsonaro cometeu crime eleitoral ao fazer propaganda de candidatos em sua transmissão ao vivo de quinta-feira, nas redes sociais. 

No dia 5, em sua live, ele divulgou o nome de diversos candidatos, como seu filho Carlos Bolsonaro, que busca se reeleger ao cargo de vereador do Rio.

O pedido de investigação foi feito pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro. O requerimento foi feito pelo órgão do Ministério Público Federal (MPF) ao Centro de Apoio Operacional das Promotorias Eleitorais (CAO-Eleitoral), do MP-RJ, segundo reportagem do UOL.

Bolsonaro será investigado por suposta propaganda irregular, conduta vedada e abuso no uso dos meios de comunicação social.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247