MPF reconhece, por escrito, que não tem provas contra Lula

Segundo Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, o reconhecimento do MPF foi feito recentemente em alegações finais ao juiz Sergio Moro; "O Blog da Cidadania afirma que não há provas contra o ex-presidente com base na afirmação do Ministério Público, que diz ao juiz Sergio Moro que como não tem provas dos crimes dos quais acusa Lula, pede que ele seja condenado com base em 'provas indiciárias', ou seja, com base em meros indícios", diz o texto

Belo Horizonte- MG- Brasil- 06/02/2015- Ex-presidente Lula discursa em evento que comemora os 35 anos do PT. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
Belo Horizonte- MG- Brasil- 06/02/2015- Ex-presidente Lula discursa em evento que comemora os 35 anos do PT. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula (Foto: Gisele Federicce)

247 - O Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães, destacou em publicação nesta sexta-feira 9 que o Ministério Público Federal reconheceu, por escrito, que não tem provas contra o ex-presidente Lula. Segundo Guimarães, o reconhecimento foi feito recentemente em alegações finais ao juiz Sergio Moro.

"O Blog da Cidadania afirma que não há provas contra o ex-presidente com base na afirmação do Ministério Público, que diz ao juiz Sergio Moro que como não tem provas dos crimes dos quais acusa Lula, pede que ele seja condenado com base em "provas indiciárias", ou seja, com base em meros indícios.

Ora, para tirar a liberdade de um ser humano é preciso muito mais do que indícios. Nenhuma sociedade civilizada pode tirar a liberdade de alguém sem ter contra a pessoa uma prova muito forte, inegável, do tipo que há contra o senador tucano Aécio Neves ou contra o presidente Michel Temer.

Sem uma prova como as desses dois, não pode haver condenação, apesar do malabarismo retórico do MPF nas páginas 52 e 53 de suas alegações finais a Moro", diz o Blog. Confira aqui a íntegra.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247