Namorada de jogador da Portuguesa é encontrada morta

Jovem de 16 anos teria cado do 15 andar do edifcio onde o casal morava, na zona leste de SP, aps uma briga com Rafael Silva

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A namorada de Rafael da Silva Santos, jogador da Portuguesa, Flávia de Lima, foi encontrada morta na madrugada deste domingo, por volta das 4h, na Vila Carrão, zona leste de São Paulo. Segundo vizinhos, a jovem de 16 anos caiu do 15º andar do edifício onde o casal morava há cerca de seis meses, após uma briga com Rafael, de 20 anos.

Segundo reportagem da Band, a família da adolescente ainda tenta entender o que aconteceu. “Só eles sabem o que aconteceu, então só a polícia, na investigação, vai poder dizer [o que houve]”, disse o pai da vítima. Os parentes de Flávia contam que ao longo do relacionamento de um ano dos jovens, houve uma série de desentendimentos. A tia de Flávia, Larissa Kisy, relatou que os dois tinham ciúmes um do outro e brigavam muito por isso. “Às vezes ele bebia, e aí que eles brigavam, porque ela não gostava que ele bebia”. Na última briga, ela teria quebrado o retrovisor do carro do jogador e o machucado com um sapato.

A polícia já iniciou as investigações da morte da jovem e a expectativa é que o resultado da perícia seja concluído em 30 dias. Segundo a Polícia Militar, a ocorrência chegou como suicídio, mas a Polícia Civil investiga o caso, que será registrado no 10º Distrito Policial.

Rafael foi revelado nas categorias de base da Portuguesa e atua atualmente como atacante do clube.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email