CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

'Não' vence no Pará

Commais de 80% das urnas apuradas, 67,9% dos votos j rejeitavam criao do estado do Carajs e 67,3% negavam Tapajs; proporo j no podia ser revertida; estado continua unido, para o bem e para o mal

'Não' vence no Pará (Foto: TARSO SARRAF/AGÊNCIA ESTADO)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O quadro já estava bem definido desde sexta-feira, quando pesquisa Datafolha apontava que 64% dos eleitores do Pará se opunham à criação do estado de Tapajós e 65% não queriam a criação de Carajás. E a apuração dos votos comprovou o esperado: com mais de 80% das urnas apuradas, às 20h10 de Brasília, 67,9% dos votos eram pela rejeição da criação do estado do Carajás. Contra Tapajós, estavam 67,3% dos paraenses, e o resultado não podia ser mais revertido.

Tinham sido apuradas 11,3 mil das 14,2 mil urnas do estado, e o resultado já não podia mais ser modificado. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) diz que o resultado final sai ainda nesta noite. Durante a votação, o Ministério Público Eleitoral do Pará contabilizou algo em torno de 20 denúncias de irregularidades, mas ninguém foi preso. A abstenção até as 19h30 era de 25%. Foram contabilizados 1% de votos nulos e menos de 0,5% de brancos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Neste momento, o total dos votos apurados e, diante do cenário atual, matematicamente, os eleitores do estado do Pará decidiram pela não divisão", afirmou o presidente do TRE do Pará, Ricardo Nunes, por volta das 20h10.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, gostou do resultado das eleições. "Penso que não apenas a cidadania está madura do ponto de vista cívico, mas a tecnologia eleitoral brasileira está muito avançada", disse o ministro. "Conseguimos apurar o resultado matematicamente consolidado em duas horas depois do fechamento das urnas", completou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A divisão do estado -- pelo menos em intenção -- ficou clara na diferença entre os votos por região. Marabá tinha 93,68% de 'sim' para a divisão por volta das 19h20, e 98,85% de Santarém optava pela divisão. Já Belém tinha 94,07% a favor do 'não' para criar Tapajós e 95,09% de 'não' para Carajás.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO