Nas redes, Eduardo Bolsonaro defende abertura econômica

Apesar da produção industrial ter recuado 1,6% na comparação com os seis primeiros meses do ano passado, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) defendeu que a saída é abrir a economia para o capital internacional

Deputado Eduardo Bolsonaro
Deputado Eduardo Bolsonaro (Foto: EUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Enquanto a sua indicação não é confirmada para a embaixada do Brasil nos EUA, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usa a sua página nas redes sociais para efendedr a abertura ecômica do Brasil.

Nos primeiros seis meses de governo Jair Bolsonaro, pai de Eduardo, a produção industrial medida pelo IBGE recuou 1,6% na comparação com os seis primeiros meses do ano passado. Para Eduardo Bolsonaro, a saída é abrir a economia para o capital internacional.

“Uma economia aberta pode assustar setores produtivos tradicionalmente protegidos da competição internacional. Mas ao abrir a economia isso também significa insumos mais baratos e/ou de melhor qualidade para os produtos que confeccionamos no Brasil, tornando-os mais competitivos”, escreveu.

Eduardo diz que “se for reduzido imposto de importação para uma máquina usada na fabricação de carros produziremos carros no Brasil mais baratos", simplificou.

Até agora, a política aplicada pelo governo evidencia que a tal "abertura" sugerida por Eduardo está em andamento. O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo Jair Bolsonaro pretende fazer um corte gradual de 10% nas tarifas de importação em prol da "abertura da economia", em um momento em que diversos países, incluindo os EUA, adotado como modelo pelo atual governo, elevam suas barreiras comerciais.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247