Nassif: Rodrigo Maia é um serviçal do mercado

O jornalista Luis Nassif relembra a mediocrização dos políticos cariocas da geração pós-Brizola e crava no peito de Rodrigo Maia a medalha do mais medíocre de todos. Nassif diz: ‘Rodrigo Maia é um serviçal do mercado”

Nassif chama Maia de serviçal do Mercado
Nassif chama Maia de serviçal do Mercado (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - ‘Rodrigo Maia é o maior problema da democracia brasileira’. Assim, o jornalista Luis Nassif define o atual presidente da Câmara dos deputados, cada vez mais conhecido por sentar em cima dos pedidos de impeachment de Bolsonaro. 

A reportagem do jornal GGN destaca que “com os desatinos de Bolsonaro e seu estilo conciliador, Rodrigo Maia poderia ter sido o grande condutor das instituições em direção ao regime democrático. Conspirou contra ele apenas um ponto fundamental: é herdeiro da pequenez que tomou conta da política fluminense-carioca que, em décadas passadas, era quase um farol do país.”

Nassif prossegue: “depois de Leonel Brizola, nenhum político resistiu à avassaladora mediocrização do Rio de Janeiro. Rodrigo Maia é herdeiro direto de duas forças que se desintegraram no ambiente rarefeito da política do Rio: seu pai César Maia e seu sogro Wellington Moreira Franco. Em tempos passados, César Maia foi uma das referências do pensamento desenvolvimentista brasileiro. Exilado, voltou, teve papel relevante como economista e deputado. Mantinha uma coluna referencial na Folha de S. Paulo e emergiu como uma força de renovação da política carioca.  Eleito prefeito do Rio de Janeiro, aderiu rapidamente ao padrão carioca de política.”

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247