Negacionista, Bolsonaro pede para vacinar chefe da Anvisa mas se recusa a ser imunizado

Jair Bolsonaro perguntou a Antônio Barra Torres, que estava presente na live, se poderia vaciná-lo, ao que o diretor da Anvisa respondeu: “Tem moeda de troca, quero saber se o senhor está disposto. É recíproco”. Bolsonaro riu e respondeu: “sem contrapartida"

Antônio Barra Torres e Jair Bolsonaro
Antônio Barra Torres e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro, em live nas redes sociais nesta quinta-feira, 4, pediu para vacinar o diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, mas se recusou a ser imunizado.

Bolsonaro perguntou a Barra Torres, que estava presente na live, se poderia vaciná-lo, ao que o diretor da Anvisa respondeu: “Tem moeda de troca, quero saber se o senhor está disposto. É recíproco”. Bolsonaro riu e respondeu: “sem contrapartida”.

Na mesma live, Bolsonaro lhe perguntou ao vivo o valor de seu salário. "Quando você ganha? Qual é o teu salário, almirante? Qual o teu salário bruto na Anvisa?", insistiu Bolsonaro. "Cerca de R$ 14 mil", respondeu Torres.

"R$ 14, R$ 15 mil, então é um indicativo também porque todo mundo tem que sobreviver. No caso, você é um almirante, tá na reserva, tem seus proventos. Isso aí é complementar para você. Agora, tem gente que só tem isso para sobreviver. Então, analise por parte de vocês de quão atrativo é ou não é uma agência dessa", concluiu, Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email