No apagar das luzes, Bolsonaro nomeia 13 embaixadores e 14 militares para novos cargos

Mudanças aparecem na edição desta sexta-feira (19) do Diário Oficial da União (DOU)

www.brasil247.com - Presidente Jair Bolsonaro 06/10/2022
Presidente Jair Bolsonaro 06/10/2022 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - No apagar das luzes de seu mandato, Jair Bolsonaro (PL) assinou a integração de 14 militares em novas funções e a nomeação de 13 funcionários do Itamaraty para embaixadas e escritórios da Organização das Nações Unidas (ONU).

As mudanças aparecem na edição desta sexta-feira (19) do Diário Oficial da União (DOU).

Os militares em questão são vice-almirantes, brigadeiros e um general. O general de brigada Carlos Eduardo Barbosa da Costa, por exemplo, passou a exercer desde 1º de dezembro o cargo de adido da Secretaria-Geral do Exército. Antes, ele era adido do Departamento de Educação e Cultura do Exército. Já o major brigadeiro Flávio Luiz de Oliveira Pinto foi nomeado para, a partir de 1º de julho de 2023, assumir o cargo de diretor-geral da Secretaria da Junta Interamericana de Defesa, em Washington (EUA), com prazo de dois anos.

Na área de relações internacionais, Bolsonaro assinou a nomeação de 11 novos embaixadores brasileiros e de duas novas representantes do país em órgãos da ONU.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247