Novo bispo de Salvador sinaliza diálogo com terreiros de candomblé

Nomeado hoje pelo papa Bento XVI, Monsenhor Gilson Andrade da Silva ressaltou a diversidade cultural da Bahia em entrevista ao 247

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Victor Longo_247 – Nomeado nesta quarta-feira, 28, pelo papa Bento XVI como bispo auxiliar de Salvador, o monsenhor Gilson Andrade da Silva sinalizou abertura ao diálogo com os terreiros de candomblé em entrevista exclusiva ao Bahia 247. "A Bahia é muito representativa, pela religiosidade e pela diversidade cultural do seu povo", considerou. Questionado sobre um possível diálogo com as religiões de matriz africana, ele tergiversou: "Buscar o diálogo é sempre a postura da Igreja Católica, assim como o fez Jesus Cristo".

Negro e filho de mãe baiana da região de Planalto (a 477km de Salvador, próximo de Vitória da Conquista), o monsenhor fez questão de ressaltar, no entanto, que pretende "ter sempre clara a missão da Igreja, que é levar a todos a palavra de Jesus Cristo". Ele disse receber com "temor e alegria" a nomeação anunciada na manhã desta quarta-feira (27) pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. "Temor pela enorme responsabilidade que a nomeação representa e alegria pela oportunidade de trabalhar pela palavra do Senhor em um lugar tão importante para mim", detalhou.

Carioca, o monsenhor Gilson Andrade da Silva, de 44 anos, é atual reitor do Seminário Nossa Senhora do Amor Divino, na Diocese de Petrópolis (RJ). Apesar de ter morado quase toda a vida no estado do Rio de Janeiro, ele ressaltou sua ligação familiar com a Bahia. Segundo a Arquidiocese da capital baiana, o Papa Bento XVI fez a nomeação na manhã desta quarta, no Vaticano. Com a nomeação, dom Murilo Krieger contará com a atuação de dois bispos auxiliares na arquidiocese, porque Dom Gregório Paixão continuará atuando.

Ele será ordenado bispo no dia 24 de setembro, às 10h, na Catedral de Petrópolis, Rio de Janeiro. A posse em Salvador será realizada dia 8 de outubro, às 10h, na Catedral Basílica. Na Igreja Católica, o bispo é uma espécie de sucessor dos apóstolos, responsável por continuar a obra de Cristo em nosso tempo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email