HOME > Brasil

Novos vídeos do 8/1 mostram policiais e GSI abrindo caminho para terroristas; assista

Em uma das imagens é possível ver o chefe do GSI, general Gonçalves Dias, parecendo orientar os extremistas a deixarem o local, mas sem adotar providências para prendê-los

(Foto: Reprodução/CNN)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Imagens de 22 câmeras de segurança do Palácio do Planalto obtidas pela CNN Brasil mostram que a polícia e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) disponibilzaram um contingente pequeno de agentes para conter os extremistas responsáveis pelos atentados terroristas às sedes dos Três Poderes, em Brasília, no dia 8 de janeiro. As imagens mostram, ainda, integrantes do GSI circulando junto aos invasores e integrantes do GSI circulando no Palácio do Planalto em meio à depredação do local. 

Os vídeos mostram que às 14h55, os carros de apoio da polícia deslocados para a operação deixaram uma das vias que dá acesso à Praça dos Três Poderes, em Brasília. Pouco depois, policiais equipados com escudos, localizados na via de acesso ao Palácio do Planalto, recuaram diante do avanço dos militantes bolsonaristas e de extrema direita. 

“Às 15h01, um primeiro grupo invade com facilidade o estacionamento do Palácio do Planalto. Os invasores pulam uma cerca. Após a invasão, seguranças — na área do estacionamento — formam um cordão de isolamento, mas a vários metros de distância dos invasores, que seguem pelo gramado para a área detrás do palácio. Nesse momento, apenas dois integrantes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) aparecem nas imagens, sem agir”, ressalta a reportagem. 

Uma outra câmera registra que militares deixaram uma das salas do GSI no térreo e se dirigiram ao subsolo da edificação às 15h19. Eles só retornaram  ao posto inicial às 16h31, mais de uma hora após o início da invasão. 

Em vários momentos, as câmeras registram os extremistas e integrantes do GSI circulando pelas dependências do Palácio do Planalto. Um outro equipamento captou o momento em que agentes do GSI deixam o segundo andar. Poucos minutos depois, o local é invadido e a câmera é quebrada pelos extremistas. 

Em uma das imagens, gravadas às 16h29, é possível ver o chefe do GSI, general da reserva Gonçalves Dias, no acesso que dá entrada ao gabinete presidencial. Ele parece orientar os invasores a deixarem o local, mas sem adotar providências para prender os extremistas.

Dias deve comparecer nesta quarta-feira (19) à Câmara dos Deputados para falar sobre os alertas de inteligência produzidos sobre os atos golpistas de 8 de janeiro. A sessão ocorrerá às 14 horas na Comissão de Segurança Pública da Casa Legislativa, que é dominada por deputados bolsonaristas, como general Pazuello (PL-RJ), delegado Ramagem (PL-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PL-SP)

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: